close

Uma selva de papel

Qualquer designer de interiores o confirmará: as plantas dão vida ao lar e a qualquer espaço interior. Além disso, dão cor e conferem um toque pessoal consoante as espécies selecionadas e o local escolhido. Mas nem todos têm o dom de as ajudar a crescer todos os dias. Embora o segredo esteja na água e na luz, para cuidar delas são necessárias competências que nem todos possuem.

 

Para esses há universos paralelos, estratégias para “compor o ramalhete” de forma a que os espaços interiores possam brilhar com vida própria à base de plantas de papel.

É fácil comprovar: o estúdio de design de La Rioja, Hula Estudio, conseguiu recriar um destes universos paralelos para a marca Jungla, criadora de peças artesanais sob a forma de plantas e flores, feitas na sua maioria com papel Sirio Color da Fedrigoni.

 

A Jungla (“selva” em espanhol), especializada em decoração vegetal e floral de interior, aposta a 100% em peças artesanais, totalmente feitas à mão através de um laborioso processo de personalização, conferindo a cada peça a sua própria identidade. A utilização de papel como matéria-prima proporciona às peças um certo ar surrealista, dando-lhes ao mesmo tempo um toque de delicadeza.

O estúdio imaginou como seria o habitat natural de algumas plantas de papel e, a partir daí, criou um mundo onírico de cartolinas e papéis de cor, na sua maioria Sirio Color da Fedrigoni

O estúdio foi responsável pela direção de arte, pelo desenvolvimento do design da marca e pelo book fotográfico. Para uma marca com loja online própria e que aspira a conseguir visibilidade através das redes sociais, o Hula Estudio considerou ser essencial uma direção de arte centrada na apresentação do produto e também a criação de um universo próprio em torno do mesmo.

 

Para o conseguir, o estúdio imaginou como seria o habitat natural de algumas plantas de papel que, ao contrário de qualquer planta de interior, não precisam de água nem de cuidados. A partir daqui criaram um mundo onírico de cartolinas e papéis de cor, que se transformam em cenários verdadeiramente atraentes e vibrantes.

Por outro lado, o design da marca teria de transmitir uma imagem em consonância com o produto: original, divertida e cheia de positividade. Para isso, o estúdio optou por uma paleta de cores vibrantes, uma utilização divertida da tipografia, um tom de voz descontraído e uma imagem potente, pensada para a divulgação no mundo digital e nas redes sociais.

Créditos

Design: Hula Estudio (design, direção de arte e sítio web) para Jungla
Papéis utilizados: Sirio Color
Técnicas utilizadas: serigrafia, aguarela

prev next