close

O papel do ‘papel’ na pandemia da COVID-19

Temos falado sobre ele ao longo deste excecional período. As 4 000 pessoas do quadro de pessoal do Grupo Fedrigoni continuaram a trabalhar todos os dias, sob medidas rígidas de proteção sanitária, para fazer chegar a tempo os materiais de que necessitavam mais de 30 000 clientes em todo o mundo e, sobretudo, para dar resposta às necessidades básicas de toda a população.

O facto de os nossos produtos terem sido considerados “essenciais” permitiu à Fedrigoni manter operacionais os seus processos habituais de produção, logística, distribuição e entrega de materiais. Inclusive durante os dias mais difíceis da pandemia, durante os quais muitas das principais fábricas e empresas de alguns países europeus, entre eles Itália e Espanha, permaneceram fechadas.

Mas, porque é que a nossa produção foi essencial? Qual foi o papel do papel nesta crise sanitária?

O nosso dia a dia está rodeado de produtos embalados em papel destinados a satisfazer as necessidades básicas da população. E a Fedrigoni contribuiu para que continuassem disponíveis, mesmos nestas circunstâncias complicadas:

– Produtos alimentares: fruta fresca, vegetais, azeite, muitos dos produtos alimentares de primeira necessidade chegam às nossas mãos embalados em papéis e cartolinas Fedrigoni, ou então chegam etiquetados com os nossos papéis autoadesivos.

– Produtos farmacêuticos: medicamentos, testes, equipamentos médicos… foram essenciais para salvar vidas durante a pandemia. Muitos deles estão protegidos por embalagens de papel que permitem a sua correta conservação, embalagens que incluem ainda os indispensáveis folhetos informativos.

– Material escolar: a Fedrigoni também esteve por detrás do papel em que os nossos filhos imaginaram as suas aventuras nestes dias de ensino doméstico. Cadernos para aprender a escrever ou folhas para rabiscar, desenhar e tomar notas foram o seu suporte durante esses dias.

– Produtos para os cuidados pessoais: os nossos cuidados pessoais também dependem muitas vezes de produtos embalados e etiquetados em papel: cosmética, tinta para cabelo, champô, sabonete… estiveram ao nosso lado também durante o confinamento.

A Fedrigoni esteve ainda envolvida na produção de notas e de meios de comunicação social. Sem esquecer a última, e não menos importante, novidade: um papel especial que pode ser utilizado na produção de máscaras de proteção. A nossa experiência no setor do papel de filtro permitiu-nos fabricar este novo papel suave e não tóxico, que cria um ambiente desfavorável à sobrevivência dos vírus.

E não esqueçamos o trabalho da nossa equipa comercial, que continuou a atender as vossas chamadas, a dar resposta às necessidades de aconselhamento e de amostras e a receber encomendas por e-mail ou telefone. Este período trouxe-nos também a oportunidade de abrir uma nova via de comunicação convosco: a nossa Paper Hotline na plataforma Zoom, que continuaremos a utilizar daqui em diante para facilitar o encontro em direto convosco, estejam onde estiverem.

prev next