close

“Dreamers”… o poder dos sonhos

Inauguramos o ano e a década na nossa Seleção Fedrigoni a sonhar em grande. Porque acreditamos que sonhar é inspirar-se… e vice-versa. Porque a nossa secção é a união perfeita entre ambos os conceitos com o mesmo fio condutor, os nossos papéis Fedrigoni.

 

E porque escolhemos o projeto “Dreamers” para arrancar um novo ano de inspirações e de sonhos a concretizar. Um projeto de edição desenvolvido pela editora Ivorypress para dar forma aos sonhos da sua autora, Shirin Neshat, e tentar interpretar tudo o que acontece no nosso cérebro enquanto dormimos.

Baseado em aspetos das suas recordações e dos seus sonhos, o livro explora a própria identidade de Neshat, como mulher iraniana a viver nos Estados Unidos, e explora de forma indireta questões sobre género, poder, deslocação, protesto e identidade.

 

Tal como ela própria explica, tem uma obsessão pelo “poder dos sonhos e pela forma como apenas no estado do sono se eliminam as barreiras entre a realidade e a ficção; é aí que os seres humanos são verdadeiramente livres e puros”.

 

Neshat convida-nos a viajar até ao nosso próprio interior através desta publicação inspirada na trilogia das vídeo-instalações a preto e branco, que inclui Illusions & Mirrors (2013), Roja (2016) e Sarah (2016), histórias que exploram sonhos de mulheres através de narrativas psicológicas e emocionais que permanecem no limiar entre o onírico e o real.

Ao nível do design, o livro representou um desafio desde o princípio: como levar até às páginas o formato do vídeo, tão marcado pelos sons, os silêncios, o movimento? Como representar a atmosfera etérea, a encruzilhada entre o sonho e a realidade das três mulheres protagonistas?

A equipa de design da Ivorypress solucionou a encruzilhada considerando o livro como um objeto, trabalhando minuciosamente a sua forma, as cores, os papéis e a técnica de impressão, conseguindo que a atmosfera e os temas principais das três curtas-metragens estivessem presentes ao longo de todo o livro.

 

Por fim, utilizaram o formato de tríptico impresso em duotone (preto e prata) sobre papel Fedrigoni Sirio Ultra Black 115 g, que proporciona às páginas interiores uma sensação de profundidade graças a essa tonalidade de preto, realçando ao mesmo tempo o ambiente onírico do livro.

O tríptico desdobrável permite explorar as três narrativas de forma transversal e estabelecer um diálogo dinâmico, que revela um fio condutor entre os sonhos das três mulheres. A impressão em preto e prata, baseada na inspiração de Neshat em Man Ray, prende-nos no mundo íntimo das protagonistas.

 

Autora de “Dreamers: Shirin Neshat
Diretor de edição: Elena Ochoa Foster
Designeditorial Ivorypress en colaboración con la artista
Diretor de arte/designer: Joana Bravo
Outros colaboradores: Marion Bretagne, Jessica Ruiz, Atenea Carbajosa, Nathalie Simon
Papéis Fedrigoni utilizados: Sirio Ultra Black 115 g
Impressão: Brizzolis
Técnicas de impressão utilizadas: Duotone Offset prata e preto

prev next