close

Papéis especiais para edições de luxo

Se uma imagem vale mais do que mil palavras, o papel é a imagem de um livro destinado a ser um artigo de luxo. Sem demérito para a relevância do conteúdo de um livro considerado “premium”, geralmente relacionado com o mundo criativo e artístico, de pouco servirá um conteúdo repleto de boas imagens se não conseguirem transmitir todo o seu potencial devido a uma má escolha da matéria-prima: o papel.

 

Produzir um livro é um processo criativo em que é tão importante o que se quer mostrar como o impacto que se pretende obter. Nesse processo, o design editorial é um fator-chave, mas a escolha do papel é um elemento essencial. Dela dependerá a legibilidade, a qualidade de textos e imagens, os acabamentos e a durabilidade do livro, mas também as sensações que se querem transmitir.

Nos livros de luxo, o papel tem o mesmo protagonismo que o conteúdo: é o material vivo que consegue unir criatividade e funcionalidade

Só será possível refletir a força da fotografia, a subtileza das cores de uma pintura ou a profundidade de uma peça arquitetónica ou escultórica com uma boa combinação entre a técnica de impressão e o papel selecionado. Para o conseguir, bastará compreender qual é a missão do livro, a que públicos se destina e qual é a reação que se pretende provocar.

 

Nos projetos editoriais de luxo, todos os detalhes e acabamentos são minuciosamente cuidados para dar ao projeto toda a dimensão pretendida. A sua marca é uma personalização absoluta. Nestas edições, o papel tem o mesmo protagonismo que o conteúdo: é o material vivo que consegue unir criatividade e funcionalidade.

A Fedrigoni tem uma ampla gama de papéis especificamente adequada para conseguir que qualquer livro transmita emoções

Um exemplo claro é a editora alemã Taschen, uma das editoras de arte mais importantes do mundo, que edita livros de arquitetura, fotografia, arte, design ou moda que podem ser considerados como obras-primas acessíveis a um preço reduzido, mas também edições limitadas que custam milhares de euros. É o caso de uma das suas mais recentes publicações, uma edição limitada sobre a história da Ferrari que foi lançada em 2018 a um preço de venda de 5000 €, um custo decorrente do fabrico em materiais de máxima qualidade e do seu conteúdo inédito.

 

Este e tantos outros projetos editoriais são um exemplo palpável da forma como um livro se pode transformar numa verdadeira experiência para o consumidor. O papel passa a ser o veículo através do qual se pode desfrutar do livro como objeto, elevando-o a sinónimo de cultura, história e arte.

 

A Fedrigoni conhece bem as possibilidades que os papéis especiais oferecem para que um projeto editorial seja uma verdadeira experiência para o leitor ou a leitora. Os seus papéis especiais para edição são autênticos transmissores de emoções. Não deixe de os consultar diretamente aqui. Esperamos por si!

 

Créditos das imagens: projetos de design de edição executados em diversas gamas de papel Fedrigoni

prev next