close

Essentials da impressão: O Papel (I)

Hoje nos “Essentials da impressão” falamos de um assunto do qual sabemos bastante: O papel. Como escolhê-lo, aproveitá-lo ao máximo e não o desperdiçar. E é isso que nos enche de alegria na Fedrigoni Club, poder ajudá-lo no desenvolvimento do seu projeto gráfico para que possa imprimi-lo e tirar o maior rendimento da sua criatividade com papéis de alta qualidade fabricados em Itália pela Fedrigoni.

Um dos pontos que devemos ter em conta no início de um projeto é o formato. No caso do papel, expressa-se indicando primeiro a largura seguida da altura, o que normalmente se complementa indicando se se trata de um formato vertical ou horizontal.

A tabela que regula os formatos de papel é o ISO216 que se baseia, por sua vez na tabela alemã DIN476. Neste formato, a série DINA baseia-se no “A0”, cuja superfície é equivalente a um metro quadrado, um sistema que amplia a aceitação na Europa e no mundo, excepto em alguns países como EUA, Canadá e Japão.

Na hora de decidir o formato para o nosso projeto devemos sempre ter em conta a margem (bleed) para que as gráficas possam realizar os cortes corretamente. Para além disso, devemos ter também em conta que a gráfica usará lençóis de papel (resmas), encaixando tantas páginas quanto possível numa folha, por isso, o melhor mesmo, será falar com a gráfica sobre o formato antes de começar o projeto.

É possível que a razão do formato eleito seja a produção de mais ou menos exemplares, por isso, ter em conta todos estes fatores previamente, leva-nos a realizar um projeto de qualidade e sobretudo sustentável.

prev next